wood couture
18/09/2015

As formas orgânicas de Etel Carmona

O encanto pela suavidade dos traços e pelas curvas sutis da natureza sempre foi o mais essencial combustível para que a designer autodidata Etel Carmona criasse peças especiais, dotadas de beleza única e detalhes ímpares.  

Mesa Forquilha
A mais nova expressão do encantamento da designer pelas formas orgânicas é a Mesa Forquilha. Lançada recentemente pela ETEL, a base escultural da peça remete ao entroncamento de galhos no tronco de uma árvore. Uma obra da natureza, popularmente chamada de forquilha. 


Executada em cedro, freijó e sucupira, a Mesa Forquilha ainda possui versões para a sala de jantar no formato retangular ou redonda. E, em breve, ganhará variações como mesa central e lateral. 

 

Banqueta e Cadeira Linhares
O mobiliário simples, de traços fortes inspiraram Etel a desenhar a Banqueta e Cadeira Linhares. As peças revelam um contraponto entre a aparente fragilidade ? por conta de suas linhas básicas ? e construção robusta e rigorosa.    

A tonalidade rosada do jequitibá, madeira cuidadosamente selecionada para este mobiliário, dá às peças um caráter único e especial. 

Estante JL
A rusticidade é o ponto alto da Estante JL, assinada também por Etel Carmona. Seu aspecto leve e clean ganha elegância ao ter suas portas revestidas por pergaminho, um couro que ao receber um tratamento especial, ganha ares sofisticados, mantendo, no entanto, sua aparência selvagem.      


Por tratar-se de uma peça componível, ela permite ao cliente diferentes criações. É possível variar a posição e a quantidade de portas, gavetas, nichos de acordo com as especificações de cada projeto. Disponível em freijó, cedro, sucupira e jequitibá. 

twitter facebook e-mail Pin it
14/09/2015

Atelier 53 A, by Lia Siqueira


Entre os dias 1º de setembro e 4 de outubro, a cidade do Rio de Janeiro será brindada com a mostra Casa Cor Rio 2015. Com uma proposta diferente de tudo o que já foi apresentado em 25 anos de exposição, o evento promete levar ao público ambientes com beleza e complexidade ímpares. 
 

O cenário escolhido foi um vilarejo charmoso e histórico, a Villa Aymoré, localizada na região da Glória. Os espaços foram cuidadosamente estudados para compor uma mostra que trouxesse a paradoxal brasilidade contemporânea e histórica em cada detalhe. 

    
Inspirada por essa atmosfera icônica, a arquiteta carioca Lia Siqueira criou o Atelier 35 A, em uma clara alusão ao espaço criativo de Le Corbusier. O arquiteto e urbanista suíço, radicado na França, possuía seu espaço criativo na Rue de Serves, em Paris, neste mesmo número.

O ambiente, que mescla a função de biblioteca e ateliê, ganhou diversas peças desenhadas exclusivamente para a ocasião e executadas pelos artesãos da marcenaria ETEL. 
    

Os módulos da estante MOA revestem as paredes e dividem ambientes, dando vida e calor ao espaço de paredes e piso neutros. A dupla de mesas Instituto ? uma criação conjunta de Lia Siqueira e Sérgio Rodrigues - dividem espaço com as poltronas Infinito. A mesa Coração de Madeira, cercada pelas cadeiras Quase Mínima, é um ponto essencial do ambiente, onde certamente um artista se debruçaria por horas em suas criações. 


Para finalizar o espaço com maestria digna de uma grande arquiteta, Lia Siqueira escolheu mais uma peça de sua autoria: a luminária Gamela. O item - trabalhado a partir do bowl Governador, de Etel Carmona - possui detalhes em cobre e proporciona um charme especial a cada detalhe. 

Mais ETEL na Casa Cor Rio


As belíssimas peças da Coleção ETEL ainda podem ser vistas em outros ambientes da Casa Cor Rio, como o de Francisco Viana e Guido Sant'Anna; André Piva e Vanessa Borges; Marina Linhares; Bruno Carvalho e Camila Avelar e Carlos Carvalho e Rodrigo Beze. 

twitter facebook e-mail Pin it
09/09/2015

Criações de Lia Siqueira


A brilhante arquiteta Lia Siqueira inspirou-se nos mais nobres sentimentos para criar cinco belíssimas peças, que a partir de setembro passam a integrar a Coleção ETEL. 

Influenciada pela sua relação intimista com a madeira e com o design de mobiliário, Lia desenhou itens que celebram a cumplicidade entre os amigos; homenageiam grandes mestres da marchetaria; enaltecem o cerne da vida e brindam a infinitude da nossa existência - em cada detalhe, em cada minúcia.  

Mesa Instituto - Coautoria de Sergio Rodrigues e Lia Siqueira

A designer contou com as sábias palavras e os traços precisos de Sérgio Rodrigues para criar tal peça. "No início do ano passado, enviei ao meu grande amigo Sérgio o croqui dessa mesa, perguntando o que ele achava! Gentil e carinhoso como sempre, ele me retornou com um segundo croqui - uma releitura da minha peça", conta a arquiteta. 

Foi dessa parceria entre amigos de longa data que nasceu a Mesa Instituto, uma peça emblemática resultado da primeira coautoria de Sergio Rodrigues. Normalmente usada em dupla, simbolizando a cumplicidade entre os dois designers. 

 
"Todos os royalties arrecadados com a venda da peça serão revertidos ao Instituto Sérgio Rodrigues. Acreditamos que a história do design nacional deve ser perpetuada, valorizada em cada ação", conta Lissa Carmona, diretora da ETEL. 

 

Luminária Gamela
  
 
Da admiração pela belíssima peça assinada por Etel Carmona nasceu a Luminária Gamela, criada por Lia Siqueira. O bowl Governador serviu como base para receber uma estrutura metálica. A peça foi confeccionada e lançada em parceria com a Lumini, empresa nacional de iluminação com foco em projetos de arquitetura e design. 

Módulos MOA 
   
Os encaixes perfeitos dos cinco módulos Moa permitem composições diversas, que variam conforme a essência criativa de cada decoração. 

   
A maestria vista em seus malhetes montagem remetem a um grande nome da marcenaria. "Batizei os módulos Moa em homenagem ao seu Moacir, o brilhante mestre da ETEL", conta Lia. 


Mesa Coração de Madeira

 Lia Siqueira inspirou-se no coração, órgão essencial à vida, para criar as bases dessa belíssima peça. De seu centro, esculpido pelas mãos de talentosos artesãos, saem as vigas que sustentam este imponente mobiliário.

     
Poltrona Infinito
 
Sem começo, nem fim. Lia Siqueira inspirou-se no símbolo matemático do infinito para criar a peça, que pode ser executada em cedro, freijó, imbuia ou sucupira. 
  
twitter facebook e-mail Pin it

SOBRE O BLOG

Sempre às sextas-feiras um novo post te espera. Entre cortes, entalhos, raspagens e prensa, traremos pra cá o maravilhoso universo da alta costura do mobiliário. Aqui você encontra conversas de bastidores com nossos artistas, histórias das peças e tendências. Estamos aqui para alinhavar os pontos do universo da madeira e do design e fazer novos arremates.


JUNHO 2016 (5)
MAIO 2016 (3)
ABRIL 2016 (1)
NOVEMBRO 2015 (1)
SETEMBRO 2015 (3)
AGOSTO 2015 (1)
JULHO 2015 (1)
JUNHO 2015 (4)
MAIO 2015 (2)
NOVEMBRO 2014 (8)
OUTUBRO 2014 (5)
SETEMBRO 2014 (4)
AGOSTO 2014 (4)
JUNHO 2014 (3)
MAIO 2014 (7)
ABRIL 2014 (2)
MARÇO 2014 (4)
FEVEREIRO 2014 (5)
JANEIRO 2014 (1)
DEZEMBRO 2013 (5)
NOVEMBRO 2013 (5)
OUTUBRO 2013 (4)
SETEMBRO 2013 (5)
AGOSTO 2013 (4)
JULHO 2013 (4)
JUNHO 2013 (4)
MAIO 2013 (6)
ABRIL 2013 (3)
MARÇO 2013 (5)
FEVEREIRO 2013 (3)
JANEIRO 2013 (3)
DEZEMBRO 2012 (2)

 

RSS Feed